Tag Archives: OLR

O Observatório para a Liberdade Religiosa

Eis que nasce a mais recente inciativa em Portugal para a Liberdade Religiosa. Este é um projecto que aspira reunir académicos, religiosos e todo o interessado no tema da liberdade religiosa. Segue a carta de apresentação redigida pela equipa fundadora.

10300500_10203567510611160_1408179825781255125_n

Criação do «Observatório para a Liberdade Religiosa»

Conscientes do momento especial que se vive no campo da Liberdade Religiosa, quer em termos nacionais, com uma sitiuação institucional bastante frágil, quer em termos internacionais, onde a violência atinge limites de banalização que não se pensavam possiveis, um grupo de cidadãos, ligados à investigação e à comunicação e jornalismo do Fenómeno Religioso, decidiram criar um instrumento isento e independente para observar e sinalizar a Liberdade Religiosa.

Acolhido pela área de Ciência das Religiões da Un. Lusófona, o Observatório para a Liberdade Religiosa está desde já aberto a todos os cidadãos, investigadores ou não, profissionais ligados à religião, ou não, para rapidamente criar uma dinâmica de efectiva monitorização da Liberdade Religiosa.

Coordenado nesta fase inicial por Joaquim Franco e Alexandre Honrado, o Observatório para a Liberdade Religiosa apresentará um web site, e realizará uma conferencia de imprensa para apresentar mais detalhadamente os seus princípios norteadores (que seguem abaixo).

  Observatório para a Liberdade Religiosa (OLR)

 – O Observatório para a Liberdade Religiosa (OLR) nasce por iniciativa cívica e académica, tendo como principal missão a observação do Fenómeno Religioso, no respeito pelo princípio das liberdades associativa, individual e de consciência.

– Promovendo iniciativas próprias e/ou estabelecendo parcerias, o OLR tem ainda como missão acompanhar e facilitar processos de diálogo cultural, especificamente o diálogo entre estruturas de crença, na forma de religiões e/ou espiritualidades, promovendo o respeito pelas diferenças e a responsabilidade social, para uma cidadania plena e ativa.

– Cruzando conhecimento e informação, o OLR facultará às comunidades religiosas, à academia e à sociedade em geral, mecanismos de identificação, sinalização e análise do Fenómeno Religioso, em defesa da Liberdade Religiosa e baseado na Carta dos Direitos do Homem.

– Como estrutura independente ao serviço do pluralismo cultural, o OLR reunirá e emitirá sínteses de atividade, tornando público um relatório anual.

– O OLR reconhece a complexidade do Fenómeno Religioso, o valor das diferentes culturas religiosas e ou espirituais e planos de consciência, o desafio do diálogo, o estímulo às práticas de cidadania a partir da observação dos direitos e deveres inerentes à Liberdade Religiosa, a importância do estudo e disseminação da Ciência das Religiões, bem como da produção de conhecimento isento relativo ao Fenómeno Religioso em todos os escalões de ensino reconhecidos oficialmente.

Alexandre Honrado

Fernando Catarino

Joaquim Franco

Mariana Vital

Osiel Lourenço

Paulo Mendes Pinto

Rui António da Costa Oliveira

Rui Lomelino de Freitas

António Faria

Anúncios

Findo 2014, bem vindo 2015!

_78798737_78798736

2014 despediu-se de nós com a promessa de um novo Observatório para a Liberdade Religiosa e Portugal foi eleito membro do Conselho de Direitos Humanos (CDH) da ONU para o biénio 2015/2017.

Com este mote, 2015 começa com boas novas pois em janeiro realizar-se-á a apresentação do Observatório para a Liberdade Religiosa e o mês de fevereiro promete a observação da Harmony Week com uma programação interessante na capital portuguesa.

Relativamente a este espaço, os primeiros textos de 2015 publicados remeterão para o debate realizado no mês de dezembro passado no contexto do programa Prós e Contras emitido pela RTP1, mas também para a criação e apresentação do Observatório para a Liberdade Religiosa.

Estejamos atentos, pois as águas agitam-se pela dignidade da Liberdade Religiosa.

MV